Agronegócio: Crescimento das Exportações

  • Por: Amaury Rausch Mainenti OAB-MG nº 86.310
  • Agronegócios
  • 0 Comentários

Segundo a Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, as exportações brasileiras do agronegócio continuam apresentando resultado positivo, somando US$ 45 bilhões neste 1º semestre, significando um incremento da ordem de 4% em comparação com o mesmo período de 2015.

O agronegócio continua demonstrando a sua força. Segundo a mesma Secretaria, o segmento foi responsável por aproximadamente 50% das exportações brasileiras no período, contribuindo para um superávit comercial da ordem de quase US$ 39 bilhões.

Para variar, a soja continua sendo o “carro chefe” dentre os produtos exportados (com expressivos US$ 17,23 bilhões exportados). Também apresentaram valores significativos as exportações de carnes (US$ 6,98 bilhões), produtos florestais (US$ 5 bilhões), complexo sucroalcooleiro (US$ 4,46 bilhões) e cereais, farinhas e preparações (US$ 2,4 bilhões), o que soma US$ 36 bilhões, equivalente a 80% do total exportado pelo agronegócio nos seis primeiros meses de 2016.

Em Minas Gerais, a soja contribuiu, dentro das 11,97 milhões de toneladas produzidas do período produtivo 2015/2016, com o valor de 4,71 milhões de toneladas, ou seja, quase 50% do total em nosso Estado. Segundo especialistas, a soja tem enorme potencial de crescimento em Minas e o Brasil deve se tornar o maior produtor dessa oleaginosa nos próximos anos. Cultivo crescente, preços atraentes e liquidez alta são requisitos que o empresário do agronegócio deve considerar, em seu processo decisório quanto ao tipo de cultura em que deve investir.

Postado em: Agronegócios, Notícia